segunda-feira, 14 de outubro de 2013

FLAC ou MP3 de 320k? A resposta pode te surpreender…

Após vários testes com fones de ouvido profissionais e semi-profissionais (Samson SR-850 e Ultimate Ears UE 600V), placa de som Creative Sound Blaster Zx com SNR de -116dB e ambiente controlado inclusive com drivers de audio ASIO, posso dizer que todas as musicas que peguei FLAC e MP3 de 320k das mesmas fontes (o mesmo técnico capturou e encodou tanto o FLAC quanto o MP3 com equipamento profissional) que são mais velhas que 1990 não tem diferença.
Algumas mais novas da década de 90 para cá tem diferença, mas mesmo assim minúscula. As que mais percebi diferença foram no “Black Album” do Metallica e no “No More Tears” do Ozzy Osbourne. Os dois álbuns tiveram edições com mais qualidade que o padrão do mercado (16bits e 44.1KHz) usando 22bits e 48KHz na época que foram lançados. E os formatos de FLAC que peguei eram ainda melhores 24bits e 192Khz.

Isso só comprova que um MP3 de 320k (que tem 1/3 do tamanho do FLAC) e um FLAC tem a mesma qualidade caso sejam encodados nas mesmas condições (mesmos equipamentos) e ouvidos com as mesmas condições.

Álbuns testados: (ambos os arquivos FLAC e MP3 320k com 16 bits e 44.1KHz em ambos os formatos a não ser quando explícito)
Metallica - Black Album (FLAC com 24bits e 192KHz)
Ozzy Osbourne - No More Tears  (FLAC com 24bits e 192KHz)
Black Sabbath - Greatest Hits 2009
Pearl Jam – TEN (original, não o remasterizado de 2004)
Iron Maiden - The Number of the Beast
Iron Maiden – A Brave new World
Led Zeppelin - Best of Led Zeppelin
Luciano Pavarotti - Pavarotti in Concert

Vale ressaltar que as fontes que peguei são provenientes de SACD (Super Audio CD) ou vinis. Ambos tem qualidade maior (em teoria) que CD e teoricamente são LOSSLESS. Mas a verdade é que em inúmeros testes (segundo a Wikipedia e alguns links de lá) comprovaram que num teste cego as pessoas não conseguem saber a diferença entre o CD e o resto.

Para fazer o teste FINAL, já que eu tenho todos os CDs acima, fiz o FLAC e o MP3 em casa e não vi diferença também quando usado 320k no MP3 e um bom programa para encodar. Ou seja, me dei ao trabalho de baixar FLAC e MP3 de outras fontes, fazer o FLAC e o MP3 em casa, e ainda assim, não teve diferença.

Faça seus MP3 em casa ou compre seus MP3 em 320k de um lugar confiável e você terá um excelente som.

A única coisa ESSENCIAL é ter um bom equipamento para reprodução. Eu indico os dois fones usados acima, assim como a placa de som usada nos testes também.
Os fones são relativamente baratos para a qualidade que apresentam (próximos de 50 dólares cada um) e a placa de som vale muito a pena também, especialmente se você pretende fazer gravações ou passar o som do PC para um HomeTheater.

21 comentários:

  1. Ahn acho que não há regras e ai vai da prioridade de cada, com certeza a diferença de tamanho de um pro outro devem ser levados em consideração, já peguei FLAC que eram muito melhores que os MP3 e mantive esses, três discos do Slipknot inclusive, e já peguei uns que não achei que valia manter 20-30mb a mais por música por uma diferença tão sútil (ou nula). Mas também não escuto em nada profissional (ou semi rs)... escuto no rádio do carro com bluetooth e no note com fones normais :(

    ResponderExcluir
  2. Marcio, fones de ouvido nem sempre reproduzem palco sonoro, ousaria dizer que quase nenhum reproduz de forma adequada. Com relação à qualidade em si da gravação, vc tem que ter em mente a "loudness war" que vemos hoje em dia. Musica com compressão soará ruim em flac e soara ruim em mp3. Musica bem gravada, desde a captação até a masterização meticulosa para reprodução tem sim diferença, e facilmente notável, em equipamentos adequados. Não vale a pena se estender no assunto, até porque a maioria vai achar a audiofilia coisa de babaca que procura pelo em casca de ovo, mas uma reprodução de qualidade não se encontra nem em 0,0001% das casas dos brasileiros.

    ResponderExcluir
  3. Eu digo que a diferença entre Flac e Mp3 320k é quase nula na maioria dos fones e equipamentos utilizados pela maioria das pessoas. Vou falar para os "normais" e não para audofilos. O mp3 vai te ocupar muito menos espaço e o resultado pode ser bem satisfatório. Agora se tu tens um hd de um tera e quer baixar Flac fica a vontade mas nem todos artistas têm seus albums em Flac somente os mais conhecidos. Eu como bom e velho rockeiro encontro muito mais material em mp3.

    ResponderExcluir
  4. Eu digo que a diferença entre Flac e Mp3 320k é quase nula na maioria dos fones e equipamentos utilizados pela maioria das pessoas. Vou falar para os "normais" e não para audofilos. O mp3 vai te ocupar muito menos espaço e o resultado pode ser bem satisfatório. Agora se tu tens um hd de um tera e quer baixar Flac fica a vontade mas nem todos artistas têm seus albums em Flac somente os mais conhecidos. Eu como bom e velho rockeiro encontro muito mais material em mp3.

    ResponderExcluir
  5. Na minha opinião tudo soa a mesma merda, não tem diferença nenhuma, até mesmo esses fones de marca é tudo a mesma porcaria, eles iludem a cabeça do consumidor pra produzir placebo na mente, o que é mais caro vai soar como de mais qualidade, o engraçado que esses audiófilos se acham entender de qualidade de som e distinção, mas se fizerem um exame no otorrino logo vão detectar perda auditiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.. To passando aqui só pra dizer que vc falou merda... E olha que não sou audiófilo..

      Excluir
    2. O Martin tem em parte razão e os demais também. É tudo a mesma "merda" quando se é ignorante na percepção do audio. Infelizmente a grande maioria das pessoas mal sabem a diferença entre um sistema estéreo de um mono. Então não tem o ouvido treinado para perceber a diferença entre um bom equipamento e um equipamento mediano ou ruim as vezes. Se a diferença for mais sutil como a fonte MP3/SACD/FLAC seja o que for, é pior ainda. E muitas empresas se aproveitam da ignorancia e ingenuidade para exaltar certas qualidades que o produto nem tem.

      Excluir
  6. Eu sempre acreditei que a diferença entre o FLAC e MP3 eram bem sutis, enquanto ouvia as músicas no home theater do PC, em fones de ouvido no celular, e em caixas de som de baixa qualidade. No momento em que adquiri um equipamento de som com potência e qualidade, a diferença entre os formatos FLAC, MP3 e CD são realmente gritantes. Ouvir uma música em MP3 (320kbs) armazenada em um pendrive e ouvir a mesma música gravada em um CD de áudio de um arquivo FLAC são duas experiências bem distintas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a diferença nos timbres sao notáveis e o mp3 tehm muitos picos ,ja flac a onda é bem plana e mais agradagel

      Excluir
    2. A diferença é grande e notável ! MP3 é para ser ouvido no fone baixinho ai você "não perde " . O FLAC a perda da compressão é muito pequena !! vale muito apena pra que curte um som mais alto em HT e MIni system .

      Excluir
  7. Concordo plenamente. Basta ver as ondas sonoras graficamente para saber a diferença. Vai muito de ouvido e equipamento.
    Eu particularmente acho mais limpo o som no FLAC, principalmente no som dos metais da bateria.

    ResponderExcluir
  8. FLAC é muito melhor. Tem de ser uma boa gravação. Transmissão no rádio de um FLAC e de um MP3, por exemplo, mostra a diferença dos formatos. O mp3 tem uma grande perda, além de mal-educar nosso ouvido.

    ResponderExcluir
  9. Quem tem menos de 40 anos não consegue distinguir uma Lossless de uma Losses por que se criou ouvindo musicas mp3 sem dinâmica super comprimida, somente que se criou ouvindo vinil consegue ver a diferença gritante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho 35 e ouvi vinil até meus 20, inclusive o toca discos ainda funciona na casa de meu pai até hoje.

      Excluir
  10. Novas formas de ver e ouvir as coisas sempre serão bem vindas!!!Bom dia a todos!

    ResponderExcluir
  11. realmente ontem eu ouvi pelo Youtube AUDIO FLAC e realmente senti uma diferença grande do que ouço normalmente. Utilizei um Receiver ONKYO e caixas Techinnics USA...

    Ouvi a mesma música pelo audio normal do Youtube e depois a mesma música em FLAC AUDIO do mesmo youtube, utilizando o som do HT e a diferença é enorme...

    Assim como o som que eu extraio quando ouço Blu-ray de um show, pelo Home Theater.. o som é muito mais puro, encorpado e não tem excesso de grave, médio e nem agudo. Minha opinião. Vou fazer experiências.. gravando e flac e transformando em mp3 pra testar e comparar..

    ResponderExcluir
  12. Esse é um assunto sem fim. Um amigo me contou que é mais importante a qualidade da masterização que a resolução do som. Eu tento sempre encontrar SACDs que normalmente têm uma masterização muito melhor. Caso contrário eu procuro pelo selo "Mobile Fidelity Sound Lab", que usa equipamento de ponta. Infelizmente a maioria dos artistas brasileiros não está presente nesse universo audiófilo.

    Outro ponto importante é a compressão. A maioria dos discos sofre compressão exagerada, na minha opinião. Isso tira o punch dos instrumentos de percussão. Discos MSFL não são assim.

    Eu, pessoalmente, codifico os iso de sacd em FLAC 88.2Khz/24 bits e se não acho SACD ou Flac de alta resolução, eu busco FLAC de 44.1/16 mesmo. Nunca MP3. Principalmente pq se for pra ouvir MP3, eu tenho o spotify.

    ResponderExcluir
  13. Sabe qual é o "problema" mesmo, amigos? O PSICOLÓGICO!
    Tenho um Sony MDR-7506, que pra quem o conhece, é o melhor fone profissional custo X benefício que JÁ EXISTIU (Sim, ele foi descontinuado, infelizmente :/), e com ele testei arquivos musicais ripados de vários CD'S que tenho. O resultado: Tanto em MP3 320 Kbps, M4A 256 Kbps e FLAC (...), honestamente, não percebi diferença alguma entre eles. Mas, sinceramente, por se tratar de um arquivo FIEL ao CD, não me restando dúvidas sobre a qualidade, sempre optarei por um arquivo FLAC aos demais. Ou seja, como disse no início, É UM FATOR PSICOLÓGICO.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Geralmente, a maioria dos albuns que baixo da internet estão em formato MP3, mas quando baixo algum FLAC, tenho que converter em MP3, pois meu aparelho de som é antigo e não toca cd's em formato FLAC.
    E é aí que eu pergunto: Quando converto FLAC para MP3 eu perco qualidade na música ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Converte para mp3 320kbps, ter diferença tem, mas é quase imperceptível.

      Excluir