quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Steve Jobs morre aos 56 anos, a Apple perde a alma da empresa

Steve Jobs, um visionário da indústria de tecnologia, morreu hoje aos 56 anos. Steve vinha sofrendo de câncer no pâncreas desde 2004, e depois de pioras e melhoras e muitos problemas de saúde acarretados pelo câncer ou por seu tratamento, Steve veio a falecer. Ele já tinha deixado há pouco tempo o cargo de CEO da Apple, se tornando membro de sua diretoria.
Steve sempre foi uma figura importante na Apple e para a indústria de tecnologia em geral. Quando voltou para a Apple após ter saído da empresa, ele trouxe os iMacs, que apesar de controversos levantaram o ramo de computadores da Apple da quase falência. Depois disso veio o iPod, esse sim, com a iTunes Store que foi lançada em conjunto, trouxe a Apple para o ramo de empresas muito lucrativas e levantou de vez a empresa do buraco. Após isso Steve de novo revolucionou com o iPhone. O ramo de smartphones não era algo novo, como era o do iPod e das lojas de música online, mas não era algo que todos queriam, pois era algo complicado, e era ainda algo inexplorado (seriamente) por uma empresa grande, e Steve teve uma boa visão disso e aproveitou. Steve não era só um visionário, era também um líder, ele literalmente salvou a empresa que tinha fundado, e a levou para o topo das indústrias de tecnologia, e agora se vai, sabendo que deixou sua marca. Eu nem sempre concordo com as práticas da Apple para com seus usuários em seus produtos, sou mais para algo mais livre e muito dessa prática veio de Steve, mas não há como negar que o homem que hoje nos deixa, era um gênio.
Nós do Resenhado, estamos também tristes com a perda que o mundo sofreu hoje, principalmente o mundo da tecnologia, não é todo dia que gênios assim aparecem, e irá demorar algum tempo até que a indústria tenha outra figura forte assim para se espelhar.

R.I.P Steve Jobs, *1955-†2011

Márcio Mattos

Nenhum comentário:

Postar um comentário