segunda-feira, 12 de setembro de 2011

NETFLIX BRASIL - RESENHA


netflix-logoAs primeiras notícias para a Netflix no Brasil não são tão boas assim. Vamos primeiro a comparação que é inevitável, a do serviço BR com o serviço da mesma empresa nos EUA. Eu fui usuário por muito tempo do serviço americano da Netflix e devo dizer que gostava bastante do serviço deles, um ponto que me irritava um pouco era a falta de constância em seu conteúdo que mudava muito de uma temporada para outra, um exemplo foi a série Heroes que entrou e saiu algumas vezes do catálogo, mas em geral o serviço era muito bom. Os conteúdos podiam ser achados em HD ou SD e a conexão apesar de ser nos EUA, com uma boa banda larga brasileira (eu tinha 12Mb na época), era muito boa e não caía nunca. A seleção, apesar de não ser perfeita no início, era boa e foi melhorando cada vez mais com o passar do tempo, se tornando excelente no fim de meu uso. E o preço era bem razoável para o serviço que era.
Agora vamos ao que importa, a Netflix no Brasil.

Essa é uma impressão inicial, já que acabei de assinar o serviço por um mês para fazer o teste que eles deixam e o serviço está iniciando, mas é uma boa prévia, e uma prova de que os problemas que eu previa, realmente existem. Você acessa a página principal, digita seu e-mail e senha escolhidos, insere seu cartão de crédito na segunda página (isso é necessário para que se use o serviço, mesmo no mês gratuito, e é costumeiro no ramo), e depois responde uma rápida pesquisa de preferências. Pronto, aqui já começa o primeiro problema no Brasil. Enquanto na conta americana, ao fazer a mesma pesquisa, eu recebi várias indicações interessantes, no Brasil as indicações foram um desastre. Gêneros que eu coloquei como NUNCA ASSISTO, como filmes estrangeiros e programas alto-astral, foram todos parar em primeiro lugar nas indicações e os que mais gosto como ação e ficção científica foram lá para o meio ou fim da fila. Não entendo então o porque de fazer a pesquisa, e o pior, sempre vinha do lado das escolhas a mensagem: “Suas preferências criaram esta linha.”, BIZARRO! Mas devo dizer que depois de começar a dar nota para os filmes, através de estrelas abaixo das descrições, as escolhas para as dicas de filmes foram melhorando bastante, não ficando perfeitas, mas aceitáveis. Mesmo depois de dar notas a mais de 200 filmes, e escolhendo a fundo as preferências, não só aquelas que se responde na pesquisa inicial, mas uma infinidade de preferências que existem escondidas dentro do menu de Perfil de Interesses e preferências pessoais, veja a quantidade de opções na foto abaixo, cada opção do sub-menu, tem várias opções abaixo, é só olhar o tamanho da barra lateral. As dicas de filmes, ainda assim não eram tão boas quanto as do serviço americano.
preferencias
A seleção em si não é ruim no Brasil, tem muitos clássicos e Blockbusters (sim, piadinha), mas não tem nenhum lançamento, todos os filmes que encontrei tem no mínimo 3 anos ou mais. O funcionamento do serviço é algo estranho, os filmes em HD estão todos em uma categoria, e não, como nos EUA, que mostra que o filme é HD ou SD ou ambos, na descrição do próprio filme. Ao selecionar os filmes HD, até parece que tem uma quantidade grande, perto de 400 filmes em HD, mas o HD aqui é estranho. Tenho uma conexão de 20Mb, que é constante na velocidade de 17-20Mb, isso no serviço americano era sempre suficiente para o HD funcionar, mas no Brasil, o Netflix HD entrou UMA ÚNICA vez no filme Minority Report e mesmo assim depois de muitas tentativas. O HD esteve sempre habilitado no player e mesmo assim não entrava nunca. Fiz vários testes e o Netflix não usava nem 100KB de download enquanto tocava e eu ainda tinha disponíveis mais de 2MB de download, e sim, testados com downloads enquanto tocava o vídeo e sem nenhum download enquanto tocava, para ver se fazia diferença, e não fez, nunca entrava o modo HD, por mais que estivesse habilitado e eu estivesse forçando o modo. A Netflix diz que o modo HD entra quando você tem o mínimo de 800x600 de resolução (tenho full HD no monitor e tv) e banda disponível (eu estava com todos os 20Mb disponíveis), já vemos que não é bem assim, acho que é mais quando ELES tem banda disponível. O problema de HD não parece ser relacionado a nenhum Browser específico, testei em Chrome, Opera e Internet Explorer 9 e em todos o mesmo player de Silverlight é o responsável pela reprodução e tem os mesmos problemas. Veja abaixo a exigências e quanto tinha de banda SOBRANDO na hora em que tocava o filme.
ajudaHD   banda livre
Veja agora um print da qualidade do filme, e mostrando que apesar de quase nada da banda estar sendo utilizada, o player não reproduzia em nenhum momento o conteúdo HD. Nesta imagem, vê-se a melhor qualidade que atingi, mesmo tendo escolhido a melhor imagem possível nas preferências.
semHD   setting qualidade

Outro grande defeito na minha opinião é que 70% dos filmes que tentei, não tinham versão de som original, eles tinham normalmente somente dublagem em português e espanhol, o que para mim é ridículo, já que vai por outra língua, que usasse o som original e o português, não conheço nenhum brasileiro que fosse preferir ver em espanhol ao invés de português, mas conheço vários que preferem ver em som original ao som dublado (esse que vos fala inclusive). Mesmo sabendo que a Netflix está lançando no Brasil e em vários outros países da América Latina, não ter legendas em português é um absurdo, no único filme que encontrei com legendas, elas eram em espanhol, os servidores podem ser os mesmos para todos os países da América Latina, mas o Brasil deve ser visto de forma diferente. Junto com o problema do áudio e legendas, vem o problema da interface, muito problemática em relação aos nomes de filmes e cartazes. Pode-se ver nas fotos abaixo que os nomes aparecem em espanhol, inglês e português, tudo na mesma página.
linguas   nomes filmes

Acho que a Netflix deve pensar melhor no que é o gosto do publico brasileiro, é só ver no cinema, tirando animações e filmes para publico infantil a maioria dos filmes é vista em som original com legenda, e não porque é mais rápido mas sim porque é assim que o povo gosta.

A Netflix no Brasil não disponibiliza o uso de seu serviço em Android e nem em Xbox360, algo estranho pois eu usava AMBOS em minha conta americana, e esperava voltar a fazer no Brasil. O aplicativo de Android, desde o dia 10 de setembro, já funciona oficialmente em qualquer dispositivo que rode Android 2.2 ou 2.3, mas ainda não está disponível para usuários do Brasil por imposição da própria Netflix por regionalização.Android netflix brasil
Ao fazer o teste do callcenter e ligar para reclamar destes problemas, na primeira ligação, simplesmente não fui atendido e fui jogado direto para a pesquisa de satisfação (mais um ponto negativo) e claro que disse não estar satisfeito. Já na segunda tentativa, fui muito bem atendido e reclamei sobre o HD e a falta de Android e Xbox360, a atendente sabia de tudo que eu estava falando, algo raro no Brasil era bem treinada e falava um bom português (era brasileira, mas isso não é garantia de saber bom português hoje em dia), ela me falou que eles estão trabalhando para melhorar o serviço no Brasil e fazer com que quem tinha conta americana se sinta satisfeito com a brasileira. Após dizer que era da mídia especializada, o tratamento não mudou, continuou no mesmo tom, mas recebi um e-mail especializado para pedir mais informações.

Resumindo a experiência, não é tão boa quanto no mesmo serviço oferecido nos EUA, ainda assim é algo interessante para o Brasil, mas precisa de filmes mais novos, pelo menos os mesmos oferecidos em locadoras normais (sem ser por streaming), e resolver o problema de qualidade na imagem. Nenhum destes problemas existe na Netflix dos EUA, só basta termos a mesma qualidade aqui e eu passo a recomendar, por enquanto, não recomendo o uso a não ser para quem gosta muito de rever clássicos dublados e não se preocupa tanto com qualidade de imagem. Vale porém ressaltar que nós pagamos aqui mais por menos, já que lá fora o serviço de streaming puro (como o nosso) custa US$ 7,99 equivalente hoje a R$ 13,5 e aqui o serviço custa R$ 14,99 e tem menos qualidade e quantidade de filmes e séries de TV.

Continuarei usando e trazendo mais informações para vocês.

Márcio Mattos

Um comentário:

  1. Obrigada, me ajudou muito. Não gostei da seleções de filmes assim como você. Achei a seleção limitada. Poucos filmes.
    Também não existe a opção "duplado" apenas para desenhos. Mas a maioria dos filmes e animações infantis não existe essa opção. Apenas legendado.
    Estou experimentando o serviço. Essas foram únicas reclamações. Poucos filmes e não ter a opção do filme ser dublado

    ResponderExcluir